Munique (München, em alemão),  capital do estado da Baviera, no sul da Alemanha.

Munique

Uma brasileira na Alemanha. Apaixonada por viajar, escrever, fotografar, mergulhar, vinhos e Fórmula 1. Viajando o mundo com W. e Enzzo. Escreve sobre viagens e sobre a vida na Alemanha em seu blog Packing my Suitcase.

Tem muito mais do que 20 coisas que você precisa saber antes de se mudar para Munique, mas essa pequena lista já dá uma ideia de como é a vida na capital da Bavária. Entre dicas práticas e culturais, tentei reunir as informações mais úteis que você irá precisar para saber o que esperar da vida por aqui.

Encontrar um lugar para morar é difícil

Não é mito, é verdade, encontrar um apartamento/casa para morar em Munique pode ser difícil, especialmente para estrangeiros, para quem tem animais e/ou crianças. Os proprietários sabem que a demanda é alta, e por isso se dão o direito de selecionar cuidadosamente quem vai morar em sua propriedade.

Como eu disse, a demanda é alta, e nem todo mundo tem a sorte de encontrar um lugar dentro de Munique mesmo, principalmente se for por um bom preço. Muitas pessoas acabam optando por morar em cidades mais próximas, das quais ainda é possível vir até Munique de trem (S-bahn).

Os sites mais populares para encontrar lugares para alugar/comprar são:

Immobilien Scout 24 / ImmoWelt

Aluguel é caro

Já não basta ser difícil achar um lugar que você goste e que o proprietário te aceite, ainda tem o problema do preço. Espere pagar em torno de €1,500,00 por um apartamento de 80m2 próximo ao centro de Munique, sem mencionar que é necessário pagar 3 meses de aluguel adiantado como caução, e em alguns casos ainda tem a comissão do proprietário/corretor imobiliário.

O transporte público é fácil e maravilhoso, mas não é barato!

Munique
O bonde de Munique

Os ônibus, trams, trens e metrô de Munique são muito eficientes, limpos, e bem organizados. Quase nunca estão atrasados, e quando estão, a MVG (a companhia de transporte público de Munique) dá um jeito de avisar o motivo do atraso.

Como tudo que é bom vem com um preço, o transporte público de Munique não é barato. O ticket para um dia dentro da cidade, custa em torno de €6,20 por pessoa, enquanto para todas as zonas da cidade por um dia custa €12,00. Se você sempre usa o transporte público, há tickets semanais/mensais que saem muito mais em conta. Esses tickets são chamados de IsaCard e podem custar em torno de €74,00 por mês para 4 zonas. Não é barato, eu sei, mas valem cada centavo.

Para mais informações sobre os tickets e preços, dê uma olhada aqui.

Estacionar pode ser um desafio

Que surpresa! Em uma cidade europeia onde encontrar um lugar para morar já é difícil, imagina para estacionar. Principalmente no centro da cidade, encontrar uma vaga para estacionar o carro é difícil, para quem não se importa pagar um pouco mais, tem os estacionamentos pagos em vários lugares. Para quem não quer esse gasto extra, a única opção é encontrar alguma vaga na rua mesmo, a qual custa de 1 à 3 Euros – mas com tempo limitado – e aos domingos é de graça.

Para quem tem um carro em Munique ou pretender adquirir um e não tem uma garagem, estacionar nas ruas é sua única opção. Nesse caso, dá para pedir na prefeitura um cartão chamado Parkausweis für Bewohner, o qual te dá o direito de estacionar nas ruas próximas à sua casa por um certo valor anual. Ou, também dá para procurar nos classificados se alguém está alugando ou vendendo alguma garagem!

Munique durante o verão e inverno são duas cidades completamente diferentes

Munique
Munique no inverno

Esse item pode ser aplicado à várias cidades do mundo, mas ainda assim é importante saber disso. Durante o inverno Munique é cinza, escura, silenciosa, fria, não há muitas pessoas na ruas, nem muitas atividades para fazer ao ar livre além dos Mercados de Natais no mês de dezembro.

Enquanto durante o verão, a cidade acorda: é colorida, barulhenta, com muitas pessoas e bicicletas para todos os lados, muitas atividades ao ar livre, e luz do sol! É como morar em uma cidade completamente diferente, surpreendentemente linda e divertida. Sem dúvidas vale a pena aguentar o inverno, só para vivenciar o verão!

Animais são mais que bem-vindos

Já mencionei antes como é ter um cachorro em Munique, e claro, um dos itens da lista é como os animais são bem-vindos por aqui. Restaurantes, lojas, shoppings, todos permitem a entrada de animais. Por exemplo, nos transportes públicos cada pessoa tem o direito de levar um cachorro de graça. Os únicos lugares que não permitem animais são: algumas padarias, farmácias, hospitais, supermercados e parquinhos de crianças.

O trânsito pode ser bem ruim

Apesar de Munique oferecer um transporte público exemplar, muitas pessoas ainda preferem usar seus carros. Afinal de contas, os alemães amam carros! Por esse e outros motivos, trânsito ruim muitas vezes é inevitável, especialmente na hora do rush (pela manhã das 8:00 até 10:00, e pela tarde entre 17:00 e 19:00).

A boa notícia é que ao mesmo tempo, o trânsito é bem organizado, então mesmo que esteja lento, ele flui. E sempre que há um acidente, as rádios anunciam para que todos saibam, a polícia chega rapidinho, e em breve tudo volta ao normal.

Bicicletas são um meio de transporte bem popular

Munique
Biclicetas são um meio de transporte popular em Munique

Nada como Copenhague ou Amsterdam, mas ainda assim, muitas pessoas por aqui escolhem a bicicleta como meio de transporte. A cidade oferece uma ótima infraestrutura para ciclistas, e é uma forma bem eficiente de chegar ao seu destino. Usando bicicleta ou não, fique de olho nas regras e tenha cuidado para não andar nas linhas das bikes, e se estiver de carro, atenção ao dobrar uma rua.

O cenário gastronômico é diversificado

Em Munique não se come somente comida alemã, tem muito mais do que isso, e como tem! Aqui tem restaurantes de todo o mundo e para todos os gostos, desde comida da Etiópia até brasileira, de italiana até asiática. E bebida também não está limitada somente à cerveja, mas também à febre dos Spritz que são para lá de gostosos e refrescantes. Tem de tudo um pouco!

Pode fazer muito frio e muito calor

A temperatura em Munique pode chegar aos -25° durante o inverno, enquanto no verão pode atingir os 40°. Claro que esses são os extremos, mas em pouco mais de 3 anos morando aqui, já vi os dois acontecerem. O interessante é que tem aquecimento em todo lugar, no entanto, ar condicionado é algo raro, mas a boa – ou má – notícia é que só faz muito calor durante umas 3 semanas do ano.

Primeiro bávaro, depois alemão

Munique é a capital do estado da Bavária – o qual já foi independente – sendo assim, pergunte à qualquer Münchener/Bávaro que ele(a) irão confirmar: “primeiro sou bávaro, depois alemão”. Esse orgulho deles é tão explícito que pode ser uma das causas para os alemães das outras regiões do país não gostarem muito deles. Será mesmo?

Os 10 bairros mais caros para se morar em Munique são:

Munique
Prédio no Bairro de Altstadt-Lehel

Se você ainda está decidindo em que Viertel – bairro – de Munique irá morar, ou se ainda está buscando apartamento na cidade, é melhor levar em consideração que essas são áreas mais caras da cidade:

  • Altstadt-Lehel
  • Ludwigsvorstadt-Isarvorstadt
  • Maxvorstadt
  • Alt-Bogenhausen
  • Schwabing
  • Nymphenburg
  • Schwabing West
  • Au-Haidhausen
  • Neuhausen
  • Harlaching

Encontre mais informações aqui.

É possível se virar com inglês

Claro que nem todo mundo fala inglês em Munique, mas a grande maioria fala sim, e isso facilita bastante no começo. Mas não deixe de aprender o alemão, que é sim essencial para sua integração aqui.

Todo mundo adora um Biergarten

Aqui em Munique, Biergarten – jardim de cerveja – não é somente um lugar para ir de vez em quando, é para ir o máximo de vezes que puder, e ainda achar qualquer desculpa para ir de novo. Especialmente em dias de sol, as pessoas saem do trabalho mais cedo só para se encontrarem com os amigos para um cervejinha. Serão raras as vezes que alguém negará seu convite de ir à um Biergarten.

A cidade é bem verde

Munique
Munique: uma cidade muito verde

Praticamente em todo bairro de Munique há um parque, seja grande ou pequeno, sempre é possível estar em contato com a natureza por aqui. O parques mais famosos da cidade são: Englischer Garten, Olympiapark e Nymphenburg Park.

Você vai acabar aprendendo bávaro também

No seu processo de aprender alemão, as chances de que você também irá aprender algumas palavras e expressões bávaras também é grande. Mesmo que em Munique esse dialeto não seja tão presente quanto no interior, as pessoas ainda usam bávaro em suas conversas do dia a dia, como por exemplo:

Servus = oi e tchau

Minga = Munique

E a famosa expressão “schau ma mal”: vamos ver; no sentido de vamos ver no que vai dar/como vai ser.

Grillen o verão inteiro

Munique
Grillen – O churrasco alemão

Os alemães em geral são loucos por Grillen – fazer churrasco – e em Munique, essa é a atividade mais popular durante o verão. Cedo ou tarde você será convidado(a) para um. Claro que não é bem que nem o brasileiro, mas é muito bom e com certeza dá para o gasto. Além do mais, sempre dá para dar uma “brasileirada” na coisa.

Tem cinema em inglês

Para os que não estão com o nível de alemão suficiente para ver um filme no idioma mas fala inglês, a boa notícia é que aqui tem cinema em inglês sim. Então nem precisa perder o costume de fazer esse programa quando se mudar para cá. Aqui estão os meus favoritos na cidade:

Museum Lichtspiele / Cinema

A cidade lota durante a Oktoberfest

Em torno de 6 milhões de pessoas visitam a Oktoberfest todos os anos, Munique tem somente 1,5 milhões de habitantes – e nem todos vão ao evento – então, dá para imaginar o tanto de pessoas de fora que vem à cidade nessa época. O trânsito aumenta, os hotéis lotam, moradores alugam seus apartamentos aos turistas, o transporte público lota, especialmente nas linhas de metrô que dão acesso ao local, e até as ruas ficam meio sujinhas, cheias de garrafas de cerveja por ai.

A boa notícia é que isso só é por 2 semanas, dai tudo volta ao normal!

É uma cidade segura

Claro que é possível acontecer roubos em qualquer lugar do mundo, então é sempre bom ficar de olho nos seus pertences. No entanto, se tem uma coisa que não deve te preocupar, é falta de segurança em Munique. A cidade é a terceira mais segura da Alemanha, e entre as maiores, é a mais segura. Amém.

VISITE O BLOG DE ALLANE:

packingsuitcase


 

Leia também:

Os alemães e sua relação com o consumo – Uma nova forma de olhar as coisas

O que você precisa saber sobre o sistema de reciclagem na Alemanha

A desigualdade social e o aumento da pobreza na Alemanha

Indo à praia na Alemanha. Ops, peraí, que praia?

 Gostou? Compartilhe! Obrigado. 🙂