Falantes nativos de alemão também erram ao falar o próprio idioma. Veja os erros mais comuns de pessoas que tem alemão como língua materna!

por Fabio Neipp

Acho que a grande maioria das pessoas já escutou que alemão é uma língua difícil de aprender. Claro, a língua não está entre as mais fáceis do mundo e isso se deve a sua complexidade e flexibilidade. A língua é tão complexa que mesmo os falantes nativos erram bastante. Vamos dar uma conferida nos erros mais comuns cometidos por quem tem alemão como língua materna?

1 – Acusativo de substantivos masculinos em linguagem oral

O acusativo de substantivos masculinos faz com que as palavras terminem em “en” como em keinen, meinen, einen, etc. Apesar dos falantes nativos escreverem esta declinação correta, no dia-a-dia algumas pessoas preferem omitir essa declinação na linguagem oral. A frase “Eu não tenho um computador em casa“, por exemplo, que seria certo como “Ich habe keinen Computer zu Hause” é dito frequentemente como “Ich habe kein_ Computer zu Hause” por um faltante nativo. O motivo para isso é simples: forçar a língua a falar mais um “en” dá mais trabalho e por isso é comumente omitido.

2 – Ordem das palavras erradas em oração subordinadas com a palavra “weil

No alemão a palavra “weil” significa “porque”. Ela é usada para dar uma explicação de algo. Quando se usa essa palavra, formamos uma oração subordinada. No entanto, a conjunção “weil” manda o verbo para o final da frase. Muitos alemães nativos não colocam o verbo no lugar certo na hora de utilizar esta conjunção.

Um exemplo seria: “Não quero comer porque não gosto de Pizza” que em alemão o certo seria algo como: “Ich möchte nicht essen, weil ich keine Pizza mag“. No entanto, muitos alemães falam da seguinte forma: “Ich möchte nicht essen, weil ich mag keine Pizza” trocando o verbo com o substantivo e deixando ambos em ordem errada. Esse erro acontece muito oralmente, embora eu já tenha visto de forma escrita.

3 – Eles usam o dativo quando o mais apropriado seria o genitivo.

Este não é exatamente um erro dos falantes nativos, pois ambos são aceitos. Porém o uso do dativo em algumas frases pode deixar a escrita ou a fala menos elaborada e fazer com que ela soe de forma mais coloquial/menos rica. Por outro lado, o uso do dativo em algumas frases substituindo o genitivo pode soar totalmente errado.[Dois exemplos:

“Por causa do tempo, não posso viajar”

Wegen des Wetters kann ich nicht reisen” (genitivo, mais apropriado)

Wegen dem Wetter kann ich nicht reisen” (dativo, menos apropriado)

Este é o nome de meu pai

Das ist der Name von meinem Vater” (dativo, menos apropriado)

Das ist der Name meines Vaters” (genitivo, mais apropriado)

4 – Os falantes nativos não dominam todas as formas do pretérito dos verbos da própria língua.

Pelo fato do passado ser expressado em alemão utilizando normalmente uma locução verbal, os alemães literalmente esquecem a forma pretérita de alguns verbos. Quer pegar um alemão? Pergunte para ele a forma passada/pretérita do verbo “backen” (cozinhar algo que vai ao forno, bater algo que vai ao forno) e o verbo “packen” (empacotar).

Possivelmente eles não vão saber que o pretérito de “backen” é “buk” (da primeira pessoa do singular) e vão falar “backte” ou possivelmente em vez de falar “packte” vão falar “puk“. Esse erro é tão comum, que os dicionários literalmente adicionaram a versão “backte” como uma segunda possibilidade de pretérito do verbo “backen” e por isso tanto “buk” como “backte” hoje são corretas.

5 – A declinação do substantivo em dativo caiu e não se usa mais, porém os nativos não se deram conta disso!

Se você é estudante de alemão e não entende porque existe uma vogal “e” no final do substantivo “Haus” toda a vez que se usa a preposição “zu” como por exemplo: “Eu estou em casa” = “Ich bin zu Hause“, então está na hora de saber o motivo disso: antigamente se declinava substantivos no dativo adicionando a vogal “e” no final do substantivo.

Isso, no entanto, caiu e não se faz mais. É comum e correto falar tanto “zum Mann” em vez de “zum Manne” (para o homem).

Curiosamente, a maioria dos nativos na língua alemã vão achar que falar/escrever “zu Haus_” sem o “e” no final está errado. Isso porque esta declinação é uma herança de uma gramática antiga. Desta forma, apesar de “zu Haus” soar totalmente errado para ouvidos de nativos, ela não é um erro gramaticalmente falando.

Você sabia que os falantes nativos de alemão também erram ao falar o próprio idioma?

6 – Os nativos da língua não dominam em nada o conjuntivo II da própria língua e acham que está errado se falar da forma correta!

Para quem não sabe o conjuntivo II no alemão expressa algo hipotético, algo parecido com o sufixo “ria” de nosso português, como por exemplo: compraria, andaria, ficaria e etc. O curioso é que na língua alemã cada palavra tem sua conjugação na forma conjuntiva II sem a necessidade de um verbo auxiliar para isso e que nenhum falante nativo usa essa forma e o pior: acham que está errado se alguém usar.

Exemplo:

Se eu tivesse dinheiro, eu compraria um carro

Wenn ich Geld hätte, würde ich ein Auto kaufen” (forma considerada correta pelos nativos, com o verbo auxiliar/locução verbal com werden no conjuntivo II)

Wenn ich Geld hätte, kaufte ich ein Auto“. (forma considerada totalmente errada pelos nativos, em geral, pois não há verbo auxiliar werden no conjuntivo, embora esteja totalmente gramaticalmente correto. Importante: “kaufte” nesta frase não está no pretérito!)

A razão dos alemães acharem que esta frase está errada pode ser explicada pelo fato de que “kaufte” é também a forma do pretérito do verbo kaufen, confundindo a cabeça na hora de escutar a frase. Desta forma, muitos alemães consideram essa frase totalmente errada como se a pessoa não soubesse alemão correto. Na verdade, são eles que não dominam o conjuntivo II da própria língua.

7 – Os alemães também se confundem no artigo!

Sim. Na verdade, nem todos os nativos sabem o gênero de um substantivo. Quer pegar um nativo em alemão? Pergunte para ele se o correto é “das Joghurt“, “der Joghurt” ou “die Joghurt” e sinta-se bem em reparar que o nativo na língua provavelmente não sabe que as três opções estão certas.

8- Eles confundem “t” com “d” na escrita!

Esse é um típico erro de quem tem a língua materna. Ao invés de escrever “Ihr seid – Vocês são/estão” muitos nativos escrevem “ihr seit“. Isso porque existe a palavra “seit” (desde) em alemão e muitos se confundem.

Curta Alemanha para Brasileiros no Facebook e acompanhe as publicações do site

 

Leia também:

Os alemães e sua relação com o consumo – Uma nova forma de olhar as coisas

„Bicho malvado! Nunca vou aprender esse diacho de dativo, acusativo e genitivo!“

O que você precisa saber sobre o sistema de reciclagem na Alemanha

Indo à praia na Alemanha. Ops, peraí, que praia?

Última atualização deste post: 18/06/2017

Curta Alemanha para Brasileiros no Facebook


 

Gostou? Compartilhe! Obrigado 🙂