10 diferenças entre brasileiros e alemães

Que alemães e brasileiros tem muitas diferenças culturais, todos nós sabemos. Por isso, a Go Easy Berlin entrevistou brasileiros que moram na Alemanha e alemães que moraram no Brasil para descobrir o que cada um dos lados acha de mais curioso da cultura do outro. Listamos abaixo as 10 diferenças mais interessantes que ouvimos:

1) Os brasileiros são mais sorridentes

 O povo brasileiro tem a fama de ser simpático e aparentemente feliz, o que faz os alemães admirarem muito nosso jeito de ser. Segundo eles, os alemães ficam com a cara fechada no metrô e não esbanjam da nossa alegria.

 2) Os alemães andam na rua com mais objetividade

Os alemães, geralmente, andam com mais objetividade na rua, de forma mais rápida, tentando maximizar os sinais verdes e chegar ao seu destino o quanto antes. O brasileiro parece às vezes estar passeando, quando na verdade está indo ao trabalho mesmo.

3) Levar ao pé da letra o que é dito

“Passa lá em casa qualquer dia desses! ” “Vou te chamar para jantar lá em casa! ” São frases muito comuns entre os brasileiros quando querem ser simpáticos, mas que nem sempre tem um real interesse de que se concretize. Porém, se você falar algo do tipo para um alemão, saiba que ele vai esperar pelo encontro e pode inclusive ficar chateado com você caso o mesmo não aconteça!

4) Palavra é palavra!

Os alemães, de modo geral, são bastante comprometidos com o que dizem, por exemplo, se alguém lhe convida para algum evento ou encontro e você não aparece ou cancela de última hora, é uma total desonra e falta de respeito, pois os alemães gostam de se programar com bastante antecedência, e provavelmente você vai ficar mal falado no grupo de alemães. Além disso, ao se conviver com um alemão, a pontualidade é extremamente importante!

5) Hora da fofoca

Para você que acha que os alemães não gostam de uma fofoca na hora do cafezinho, está muito enganado. Eles também gostam, até por que todos nós somos humanos, certo?

6) Criação das crianças

No Brasil existe um cuidado diferente durante a criação das crianças. Por exemplo, se uma criança cai e começa a chorar, os pais vêm rapidamente a seu socorro. Na Alemanha é comum ver cenas do tipo em que os pais continuam andando e a criança levanta-se sozinha e volta a caminhar sem muito alvoroço. Claro, se a criança se machuque de verdade eles vão de fato dar todo o cuidado merecido, mas as crianças parecem ser de fato mais independentes e recebem menos atenção para os pequenos acidentes.

 7) Burocracia

Neste quesito podemos dizer que brasileiros e alemães andam de mãos dadas. Ambos estão acostumados com protocolos, formulários, filas e muita burocracia nos serviços públicos. Na Alemanha, por exemplo, existem taxas e registros para tudo: para ter um aparelho de televisão, um cachorro em casa, levar a bicicleta no metrô, etc. Contudo, o sistema brasileiro é muito mais moderno, informatizado e atual, ao passo que na Alemanha ainda se vive a época dos canhotos de protocolo, papeizinhos de recado, etc.

 8) Casais em eventos sociais

Este item varia bastante de casal para casal, mas no Brasil quando em eventos sociais, muitos casais costumam sempre ficar juntos na festa, não se separam e gostam de mostrar afetividade perante os convidados. Na Alemanha, é mais comum ver casais mais independentes, que às vezes nem parecem estar juntos quando observados por alguém de fora.

 9) Hora do banho

Sim, os alemães tomam banho todos os dias, antes que comecem as piadas. Claro, nos dias frios mais rigorosos de inverno, alguns pulam um dia ou outro. Mas tenho certeza que muito brasileiros aqui fazem o mesmo durante a época das temperaturas negativas! Ainda com relação à higiene, uma curiosidade dos alemães é que eles usualmente deixam os sapatos na porta de entrada, evitando que as sujeiras da rua entrem para os outros cômodos.

10) A paixão pelo futebol

Esta pergunta é difícil de ser respondida, pois o brasileiro é visto mundialmente como um povo que idolatra o futebol. Contudo, na Alemanha não é muito diferente disso e, guardadas as devidas proporções de tamanho das torcidas, os alemães são bastante fiéis aos seus clubes e à sua seleção nacional. Inclusive, a maior média de público na Europa é justamente a da Liga Alemã (Bundesliga).

A diferença fica por conta da segurança: enquanto no Brasil a questão da violência nos estádios ainda é um ponto a ser resolvido, na Alemanha as torcidas se misturam e torcem juntas, independentemente de quem perca ou vença.


Este artigo foi gentilmente cedido por Go Easy Berlin

No Facebook: www.facebook.com/goeasyberlin/

Última atualização deste post: 24/08/2017

Curta Alemanha para Brasileiros no Facebook


 

Leia também:

Os alemães e sua relação com o consumo – Uma nova forma de olhar as coisas

A desigualdade social e o aumento da pobreza na Alemanha

Indo à praia na Alemanha. Ops, peraí, que praia?

 Gostou? Compartilhe! Obrigado. 🙂