Se você está prestes a viajar para a Alemanha, indo para ficar um tempo mais longo ou mesmo só para passear e está com as malas prontas, o passaporte em mãos, as passagens compradas, todas as formalidades e a situação de visto foram esclarecidas e vive agora em clima de contagem regressiva e ansiedade, esperando o dia da viajem, então continue lendo este artigo, pois ele foi escrito exatamente para você. Mas se você ainda não chegou a esse ponto com seus preparativos, leia-o também, pois poderá ser de ajuda no futuro.

Pois bem, em primeiro lugar, saiba que é normal estar ansioso pouco antes de viajar para a Alemanha, para outro continente, para outro hemisfério, enfim, para um lugar muito diferente do Brasil. É um passo grande e isso causa ansiedade. Mas não permita que sua ansiedade se transforme em medo ou preocupação e termine lhe estressando, termine lhe fazendo mal.

A contagem regressiva antes da viagem para a Alemanha

Não há motivo para preocupação. Você não está viajando para um lugar perigoso, as pessoas aqui são normalmente civilizadas, os policiais do controle de imigração estão acostumados com a coisa (o que para você pode ser algo grande é para eles rotina), ninguém está interessado em impedir que você entre (isso só ocorre se houver um motivo, mas eu sei que você cuidou de tudo direitinho e não tem nada a temer 😉 ) e você receberá ajuda, se tiver coragem de abrir a boca (ou mesmo gesticular!) e solicitá-la. Como tudo (em geral, mas nem sempre!) é bem organizado, você vai terminar entendendo as placas de aeroporto ou mesmo das ruas e achar o caminho. E se você perguntar, alguém vai lhe ajudar. Ou seja, não há motivo real para preocupação.

Estou tocando nesse ponto porque vejo que muitos viajantes brasileiros ficam tensos antes da viagem por causa de um monte de coisas. Uma delas é o controle em aeroportos, pois alguns têm medo de dar alguma coisa errada e até de ter que voltar, algo que não tem qualquer necessidade, pois normalmente os policiais de fronteira trabalham de forma muito profissional, sem maiores problemas, e não implicam com ninguém sem qualquer motivo. Mas aí ocorre o seguinte: a pessoa se preocupa assim mesmo, fica tensa por dias antes da viagem e durante todo o voo, não relaxa, talvez nem dorme e chega, por exemplo, em Frankfurt totalmente quebrada, nervosa, insegura. Esse estado pode fazer até com que a pessoa trema na hora que tem que responder alguma pergunta, algo que já vi ocorrer muito em aeroportos. Esse nervosismo torna a pessoa suspeita e, no final, por causa dessa tensão, ocorre exatamente aquilo que a pessoa temia: cair na malha fina. Portanto, tente relaxar e descontrair antes da viagem e confie que vai dar tudo certo, não sofrendo por antecipação por algo que provavelmente não acontecerá.

Se você está tenso por causa do idioma, por não falar alemão ou talvez nem inglês, entendo, pois realmente a falta do idioma complica a coisa um pouco, mas ainda assim não haverá grandes problemas na chegada. Mesmo que você só fale português, as pessoas aqui estão acostumadas com estrangeiros que ainda não falam o idioma. Se você mantiver a calma, tudo se resolve de alguma forma, nem que seja com gestos e mímicas.

Antes da viagem para a Alemanha…

Verifique com calma se toda documentação está completa, veja se está tudo em ordem, passaporte, passagem, cartões de crédito, pelos menos uma pequena quantia de euros…

Recomendo ter uma bolsa se carregue diretamente junto ao corpo, por dentro da roupa, para pendurar no pescoço ou prender na cintura (se bem que a do pescoço é mais prática na hora de tirar algo de dentro) onde possa guardar o passaporte, as passagens, o dinheiro e cartões. Pense que mesmo em aeroportos internacionais, por mais seguros que sejam, tanto no Brasil como na Europa, sempre haverá o risco de sua bagagem de mão ou seu casaco ser roubado, o que já seria algo chato, mas muito pior se essas coisas importantes fossem juntas.

Tente cuidar de tudo cedo, evitando deixar coisas importantes para a última hora, planeje com antecedência suas visitas e seus encontros de despedida. E se tiver que comprar ainda alguma coisa para a viagem, não deixe para fazer isso nos últimos dias. Evite deixar pendências no Brasil. Se perceber que não vai dar tempo de resolver tudo e caso sua estadia fora seja longa, pense na possibilidade de deixar uma procuração com alguém de confiança para que ele possa resolver coisas em seu nome.

Seu limite de bagagem depende da companhia aérea e de que país você está partindo. Saindo do Brasil, normalmente vale:

Voos internacionais – Dependendo do país de destino, a franquia de bagagem pode ser de dois tipos: peça ou peso. Na franquia por peça, cada passageiro terá direito a transportar duas bagagens, de até 32 kg cada. Para saber as dimensões permitidas para o transporte de sua bagagem e, também, sobre bagagens de crianças de colo, consulte a empresa aérea.
Na franquia por peso, cada passageiro terá direito a  transportar bagagens que não excedam, no total:
• 40 kg na primeira classe.
• 30 kg em classe intermediária.
• 20 kg em classe econômica.
• 10 kg para crianças de colo, que não estejam ocupando assento.

Fonte: www.melhoresdestinos.com.br / ANAC

Ainda vou escrever em outra oportunidade sobre o que levar nas malas, mas há muitos artigos bons sobre isso na internet. Basta dar uma procurada com o Google 😉

Os últimos dias antes da viagem…

Nos últimos dias antes da viagem, espero que já esteja tudo ou quase tudo resolvido e que você possa relaxar e usar um pouco do tempo restante para estar com as pessoas mais próximas, de quem você vai sentir muito a falta enquanto estiver fora e de quem você deveria se despedir com calma. Se faltou uma coisa ou outra, veja se alguém não pode resolver para você. Evite ficar correndo para lá e para cá e curta seus últimos dias antes da viagem. E aproveite também para se informar mais um pouco sobre a cidade para onde está indo, sobre a região, sobre a vida local. Sim, se informe, mas sempre ciente de que possivelmente tudo será diferente do que pensa, já que informação alguma colhida, por exemplo, na internet jamais substituirá a experiência e a percepção de cada um.

Um dia antes…

Está chegando a hora! Falta só um dia. Se você se preparou direitinho, está tudo pronto. Se faltou alguma coisa, veja se é realmente imprescindível antes de correr atrás e se estressar. Em certo ponto, é necessário aceitar que o que não deu para resolver não vai ser mais resolvido. E o dia antes da viagem é o dia para isso. Encerre aqui os preparativos, evitando deixar qualquer coisa para o dia seguinte.

Recomendo pesar as malas, que já devem estar prontas, com uma balança de banheiro, mesmo que sempre dá diferença para o peso da balança no aeroporto, mas que ajuda a ter uma ideia aproximada de quanta bagagem está levando e evita chegar no aeroporto com 10 ou 20 quilos a mais, algo que ficaria muito caro.

Não recomendo ficar a última noite sem dormir para ter sono no avião. A viagem é longa, é cansativo ficar 9, 10, 11 horas ou mais em um avião, o espaço é escasso, dormir é desconfortável, pode haver turbulências e uma pessoa descansada suporta isso mais facilmente que uma pessoa com sono atrasado.

Finalmente o dia da viagem…

Viajando para a Alemanha – A contagem regressiva antes da viagem

Esse dia vai depender principalmente de duas coisas: da hora de seu voo e de você ter resolvido tudo antes, podendo agora se concentrar somente na viagem. Se for viajar bem cedo pela manhã, você vai dormir pouco, pois vai ter que chegar ao aeroporto duas horas antes para fazer o check-in e despachar a bagagem. Observe que muitas companhias oferecem a possibilidade de fazer o check-in online. Isso poupa um pouco de tempo nos transmites no aeroporto.

Se não for tão cedo, levante tranquilo, sem pressa, tome um bom café da manhã e espere a hora de ir para o aeroporto, aproveitando cada momento antes do embarque.

Tenha cuidado para não colocar documentos importantes nas malas que serão despachadas. Leve-os com você na bagagem de mão, dinheiro e os documentos mais importantes diretamente no corpo.

Bom, chegou o momento. Você pega as malas, as coloca no carro, no táxi ou na carroça :-), se despede mais uma vez dos seus entes queridos, controla de novo se tem consigo tudo que precisa e zarpa a caminho da Alemanha.

Leia também:

Viajando para a Alemanha – O embarque e o voo

Dicas úteis para quem está pensando em se mudar para a Alemanha

Quero viajar como turista para a Aleman

Última atualização deste post: 15/08/2017

Curta Alemanha para Brasileiros no Facebook


 

Gostou? Compartilhe! Obrigado 🙂