13.8 C
Berlim
sexta-feira, 23 outubro 2020

Manifestação contra os altos custos de moradia em Berlim

Milhares de pessoas vão às ruas em Berlim e em diversas outras cidades da Alemanha para protestar contra o aumento dos aluguéis e a especulação imobiliária.

- Publicidade -
- Publicidade -

Insatisfeitos com os altos custos de moradia, milhares de pessoas foram às ruas neste sábado (06/04), em diversas cidades alemães, reivindicando moradia a um preço justo e pedindo o fim da especulação imobiliária.

Em Berlim, cidade que, com cerca de 70%, registrou o maior aumento de aluguéis desde 2008, 40 mil manifestantes (número fornecido pelos organizadores) se reuniram na Alexanderplatz e, sob os lemas «Wohnen ist Grundrecht» (moradia é um direito fundamental) e «Gemeinsam gegen Verdrängung und Mietenwahnsinn» (juntos contra a gentrificação e a “loucura dos aluguéis”), que podiam ser lidos em diversas faixas e placas, caminharam para o bairro de Kreuzberg, onde os preços há anos não param de subir de forma descomunal e que é exemplo da gentrificação que afeta a cidade. Na capital alemã, 86% da população moram de aluguel.

Houve manifestações também em outras 18 cidades alemãs, entre elas Munique, Frankfurt, Dresden, Colônia e Stuttgart, onde a situação não é muito diferente.

Iniciativa popular pela desapropriação de apartamentos

Em Berlim, os organizadores da iniciativa começaram a coleta de assinaturas para a realização de um referendo com o objetivo de desapropriar apartamentos que pertencem a grandes empresas que tenham mais de 3 mil objetos na capital, como a Deutsche Wohnen, que possui 111 mil apartamentos.

Essas companhias têm sofrido muitas críticas, acusadas de colocar o lucro de seus acionistas à frente dos interesses de seus inquilinos, com práticas duvidosas, à margem da legalidade, para forçar a saída de moradores antigos para modernizar os apartamentos e aumentar o aluguel.

- Publicidade -

No total, a iniciativa tem como meta a estatização de cerca de 210 mil apartamentos. A indenização para as companhias foi estimada pelos ativistas entre 7 e 13 bilhões de euros.

A iniciativa precisa recolher 20 mil assinaturas dentro de 6 meses para que o referendo seja realizado. O governo de Berlim não é obrigado a aceitar o resultado do referendo, mas os organizadores apostam na pressão popular e no recado que os protestos enviam a investidores internacionais.

„É um sinal para parar, para parar o capital internacional, que continua a fluir para Berlim, fazendo os preços [dos aluguéis] subirem mais ainda, é um sinal de que a população de Berlim vai se opor e de que nós somos um risco para seus investimentos“, afirmou Rouzbeh Taheri, um dos organizadores da iniciativa.

Mais informações sobre o tema em berlin.de

- Advertisement -

Must Read

O coronavírus, os turcos e a água de colônia

Enquanto os alemães, no auge do pânico por causa do coronavírus, guardavam papel higiênico, os franceses vinho e preservativos e os americanos armas e comprimidos, os turcos resolveram estocar água de colônia.

O registro de moradia (Anmeldung) na Alemanha

O registro de moradia (Anmeldung) é Um dos primeiros passos a serem dados ao chegar na Alemanha.

Prédio que transforma chuva em música vira atração na Alemanha

Tempo chuvoso muitas vezes é deprimente, mas não no complexo Neustadt-Kunsthofpassage, em Dresden, na Alemanha, onde um prédio transforma chuva em música.

Volkswagen esconderá nome de arena durante convenção de partido extremista

Por iniciativa do líder do Comitê de Trabalhadores da empresa, a Volkswagen irá cobrir o nome da arena Volkswagen em Braunschweig, durante a realização da convenção do partido de extrema-direita AfD (Alternative für Deutschland)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Outros posts interessantes

Volkswagen esconderá nome de arena durante convenção de partido extremista

Por iniciativa do líder do Comitê de Trabalhadores da empresa, a Volkswagen irá cobrir o nome da arena Volkswagen em Braunschweig, durante a realização da convenção do partido de extrema-direita AfD (Alternative für Deutschland)

Tesla anuncia nova fábrica próxima a Berlim

Elon Musk anunciou que pretende construir a fábrica europeia da Tesla diretamente ao lado da capital alemã

Sublocação de imóveis na Alemanha

Informações úteis sobre a sublocação de imóveis na Alemanha e dicas importantes para não ter problemas com o locador/proprietário

Die Bierpartei – O Partido da Cerveja na Alemanha

Na Alemanha, há muitos partidos pequenos, alguns até bem bizarros, que passam (quase) despercebidos. Um deles é o Partido da Cerveja da Alemanha (nome oficial Bierpartei Deutschland – BPD).

Angela Merkel: a mulher que quebrou a dominância masculina na política alemã

Angela Merkel mudou a cultura política do país, quebrando a predominância masculina no poder e abrindo caminho para muitas outras mulheres que ocupam hoje cargos importantes na política federal.
- Publicidade -