22 C
Berlim
terça-feira, 11 agosto 2020

O início dos Beatles em Hamburgo

Os Beatles em Hamburgo, nas zonas de meretrício, os rapazes de Liverpool tentavam a sorte, cantando nas casas noturnas do cais do porto.

- Publicidade -
- Publicidade -

Por Claudia Antunes

A cinzenta Hamburgo, cidade portuária alemã, teve a oportunidade de hospedar, na mesma temporada, um cantor e guitarrista inglês de talento precoce, que aos 20 anos já pisava em palcos europeus, apresentando-se com bandas de jazz e skiffle, ritmo muito próximo ao rock e rockabilly.

Em outro ponto da cidade, num quarto mínimo que ficava dentro de um cinema, escondido atrás da tela e colado ao banheiro que cheirava mal, se apertavam quatro jovens ingleses, oriundos de Liverpool.

Deixando a escola nos anos 50, Tony Sheridan, o guitarrista inglês, foi escalado para acompanhar monstros sagrados como Gene Vincent e Eddie Cochran e acabou líder da banda na qual tocava. Sheridan ia para a TV com a cara e a coragem de um veterano, onde interpretava suas canções para plateias norte-americanas, em puro delírio.

- Publicidade -

Nas zonas de meretrício de Hamburgo, frequentadas por marinheiros embriagados e briguentos, os rapazes de Liverpool tentavam a sorte, cantando nas casas noturnas do cais do porto. A apresentação atravessava a noite e chegava a durar até oito horas seguidas. Os garçons forneciam anfetaminas para que conseguissem cumprir a longa etapa no palco.

Tony Sheridan conheceu seus conterrâneos e, de alguma, forma, ajudou-os a se estabelecer nas hostis e exploradoras boates daquela região.

A simpatia de Tony Sheridan pelos meninos foi gratuita e retribuída com indisfarçável admiração. Quando Tony resolveu gravar em estúdio local algumas das composições mais simples e já conhecidas, solicitou a presença dos rapazes como banda de apoio.
Uma destas gravações foi ‘My Bonnie’, música folclórica que passou por arranjos de guitarra e ganhou vocais dos meninos, conhecidos como The Beatles.

Pouco tempo depois, em Liverpool, quatro pessoas foram à loja de discos de um certo Brian Epstein, que se gabava de não deixar nenhum cliente a ver navios. Não tendo o disco ‘My Bonnie’ solicitado por seus clientes, foi à procura dele e encontrou muito mais do que isso.

O início dos Beatles em Hamburgo

Encantado com o carisma dos quatro rapazes de Liverpool, Brian tornou-se empresário da banda, trocou o visual despojado de suas calças e jaquetas de couro por terninhos bem cortados que seriam copiados no mundo todo, substituiu Pete Best por Ringo Starr e lançou os Beatles ao estrelato, em 1962.

Neste último sábado (16 de fevereiro), Tony Sheridan morreu aos 72, a idade atual de Ringo Starr. Hamburgo ficou mais triste com a partida de Tony, que fixou moradia na cidade. O músico brilhou por si próprio e pela parceria que revelaria The Beatles ao mundo.

Existem encontros que foram planejados no céu, dizem…

Sobre a autora:
Claudia Antunes é carioca, jornalista e já trabalhou em jornais como Jornal da Tarde (SP), O Estado de S. Paulo, Jornal do Commercio e Tribuna da Imprensa e nas Revistas Manchete, Fatos & Fotos e Visão (atual Isto É). Jardim Botânico do Rio de Janeiro e INEA.

- Advertisement -

Must Read

O coronavírus, os turcos e a água de colônia

Enquanto os alemães, no auge do pânico por causa do coronavírus, guardavam papel higiênico, os franceses vinho e preservativos e os americanos armas e comprimidos, os turcos resolveram estocar água de colônia.

O registro de moradia (Anmeldung) na Alemanha

O registro de moradia (Anmeldung) é Um dos primeiros passos a serem dados ao chegar na Alemanha.

Prédio que transforma chuva em música vira atração na Alemanha

Tempo chuvoso muitas vezes é deprimente, mas não no complexo Neustadt-Kunsthofpassage, em Dresden, na Alemanha, onde um prédio transforma chuva em música.

Volkswagen esconderá nome de arena durante convenção de partido extremista

Por iniciativa do líder do Comitê de Trabalhadores da empresa, a Volkswagen irá cobrir o nome da arena Volkswagen em Braunschweig, durante a realização da convenção do partido de extrema-direita AfD (Alternative für Deutschland)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Outros posts interessantes

O coronavírus, os turcos e a água de colônia

Enquanto os alemães, no auge do pânico por causa do coronavírus, guardavam papel higiênico, os franceses vinho e preservativos e os americanos armas e comprimidos, os turcos resolveram estocar água de colônia.

Prédio que transforma chuva em música vira atração na Alemanha

Tempo chuvoso muitas vezes é deprimente, mas não no complexo Neustadt-Kunsthofpassage, em Dresden, na Alemanha, onde um prédio transforma chuva em música.

A Noite dos Cristais

Num dos países mais cultos do mundo, uma fábrica de gênios na área científica, artística e filosófica, uma violência bárbara e homicida matou judeus, quebrou e furtou lojas e incendiou inúmeras sinagogas, com pessoas roubando, despedaçando e conspurcando símbolos religiosos.

10 Coisas que você pode estranhar ao chegar na Alemanha

Quando se chega em outro país, é comum se surpreender com algumas coisas diferentes e há coisas que brasileiros podem estranhar ao chegar na Alemanha.

Coisas que você não deveria fazer na Alemanha

Leia sobre algumas coisas que você não deveria fazer na Alemanha, evitando assim alguns problemas que podem ter consequências desagradáveis.
- Publicidade -